Ouvido

Otite

Denomina-se otite externa quando a inflamação acomete a região da orelha externa, revestida por pele e constituída pelo pavilhão auricular e conduto auditivo externo que termina numa membrana chamada tímpano.

Sua função é amplificar o som até a segunda região, a orelha média, onde se localiza a tuba auditiva, que estabelece ligação com a nariz. Na orelha média, o som é amplificado mais ainda, até atingir a orelha interna formada pela cóclea e os canais semicirculares (o labirinto). Infecção na orelha média é chamada de otite média.

Essa infecção, pode ocorrer em qualquer idade, com predileção por crianças entre 6 e 36 meses de idade, sendo um problema de saúde corriqueiro e de fácil tratamento. No entanto, se não for bem resolvida, pode cronificar-se. Nessa situação, por causa dos episódios repetidos, poderá haver seqüelas auditivas.

Causas e sintomas

Na otite média, os sintomas frequentemente aparecem no decorrer de uma gripe e incluem dor de intensidade variada, redução da audição, inquietude, perda de apetite e geralmente são acompanhados de febre, podendo haver eliminação de secreção pela orelha. As crianças pequenas também manifestam eventualmente vômitos e diarréia. Já na otite externa, costuma haver dor severa, às vezes precedida de coceira, e abafamento do som. Nesta, não há febre nem história de quadro viral e habitualmente é precedido de banhos de mar e/ou piscina.

Tratamento

É realizado com gotas tópicas, analgésicos e antibióticos quando necessário.

Dicas prevenção de otite

É possível prevenir o surgimento das otites com mudanças nos hábitos de limpeza das orelhas. Os cotonetes têm que ser abolidos para essa finalidade, pois, além de retirarem a cera que protege o ouvido dos agressores externos, podem empurrá-la para dentro do meato acústico externo e provocar outros problemas. Depois do banho, a orelha deve apenas ser seca com uma toalha enrolada no dedo, sem o auxílio de nenhum outro instrumento.

Uma forma importante de evitar otites nas crianças que ainda mamam é não deixar que tomem a mamadeira deitadas, já que essa posição facilita o refluxo de leite pela tuba auditiva até a orelha média. Além disso, recomenda-se vacinar os pequenos contra a gripe anualmente e não fumar em sua presença.