Rinológica (Nariz) e da Base de Crânio

Micro cirurgia para retirada de tumores hipofisários

O que é hipófise?

É uma glândula, também chamada de pituitária, localizada bem no centro do crânio em um compartimento ósseo chamado de sela túrcica ou sela turca. A hipófise tem a função de regular, por meio da produção de hormônios específicos, o funcionamento do corpo.

Os adenomas hipofisários são os tumores mais comuns desta região. São lesões benignas da glândula hipófise que podem provocar sintomas neurológicos e hormonais.
 Dor de cabeça, perda de visão e alteração da mobilidade ocular são os sintomas neurológicos mais comuns e são decorrentes de compressão ou invasão de estruturas próximas à hipófise, tais como os nervos óptico, oculomotor e abducente.
 Os sintomas endócrinos são provocados por deficiência ou excesso de produção dos hormônios hipofisários.

O acesso endonasal transesfenoidal com auxílio do endoscópio é a cirurgia mais moderna para tratamento deste tipotipo de doença . A incisão é feita dentro do nariz, ou seja, não fica aparente. Através deste acesso minimamente invasivo, retira-se uma pequena quantidade  de mucosa e osso para acessar a sela túrcica e consequentemente a hipófise. A cirurgia é realizada com anestesia geral e dura cerca de 2 a 3 horas. A recuperação da cirurgia é muito rápida, cerca de 48h, no entanto, o paciente precisa, algumas vezes ficar internado no hospital por alguns dias para checar o funcionamento dos hormônios hipofisários no pós-operatório.